Memórias de um Povo



Do que sinto por esta vila falei um pouquinho aqui, à cerca de um ano atrás. E é por isso que escrevo este post.


São Pedro da Cova, vila e freguesia do conselho de Gondomar, Porto.
A história desta vila e dos seus habitantes é marcada profundamente pelos 170 anos de exploração das minas de carvão.
«Perde-se, pois, nos tempos históricos a fundação medieval da hoje Vila de S. Pedro da Cova. De cariz profundamente agrícola, ela torna-se um centro industrial de grande importância após a descoberta, do carvão e antracite, no fim do sec. XVIII existente no seu subsolo. Inicia-se timidamente a sua exploração e, mais tarde, já nos anos trinta, intensifica-se a sua extracção em grande escala.
Tornou-se então um centro catalizador de migração. Várias gerações de trabalhadores fizeram desta terra o seu ganha-pão, contribuindo assim para um ascenso demográfico assinalável. Isolada que estava, apesar da proximidade do Porto, viu rasgarem-se novos horizontes e o nome de S. Pedro da Cova, começa então a ser conhecido em Portugal como "Terra Mineira". Como consequência surge a primeira ligação de transportes ao Porto, com a construção da linha do eléctrico, proporcionando um contacto mais regular com uma nova realidade, consubstanciada na grande cidade. A baixa dos preços do petróleo traz a crise e as Minas fecham, no início da década de 70. » Ler mais


Para albergar os antigos mineiros que migravam de outras terras - os "malteses", foram construídas as chamadas "Casa da Malta". Numa delas foi criado o Museu Mineiro em 1989.
Desde sempre um pouco esquecido e muito pouco divulgado, finalmente, após 23 anos, o Museu teve direito às primeiros obras de remodelação e reabriu ao público no passado dia 25 de Abril. Só para terem uma ideia da ligação dos sampedrenses às suas raízes, parte dos trabalhos de reabilitação do Museu contaram com o trabalho voluntário de pessoas da freguesia.
Interessa divulgar e dar a conhecer esta história, e por isso, o Museu Mineiro de São Pedro da Cova conta os merecidos espaços na internet onde podem encontrar informação mais alargada sobre o Museu, a história das minas e das gentes e famílias que entregaram anos de vida ao trabalho mineiro.
E ainda, "Memórias de um Povo", recheado de fotografias da época. Vale mesmo  a pena ver!

Sem comentários:

Enviar um comentário