3.29.2016

chilrear

É de cá de fora que escrevo, inspirada pelo cantar alegre das dezenas de passarinhos de diversas espécies lá no alto das árvores que me rodeiam. Depois de um dia quente e solarengo e uma chuva ligeira de final de tarde, nada melhor que vir cá fora, aproveitar os últimos raios de sol, admirar a luz dourada do sol que começa a despedir-se por detrás das montanhas e escutar este alegre chilrear e sentir o aroma da terra húmida.
É assim que estou, inebriada por toda esta natureza e vida que me rodeia.
Espanto-me com o voo próximo de um chapim azul!




2 comentários:

  1. Que maravilha, o cenário, o cantar dos passarinhos a anunciar a primavera, o sossego e a paz. Aproveita tudo querida Joana :) bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aproveito sim querida Márcia! Gosto sempre tanto da tua visita! :) abraço

      Eliminar