2.25.2009

neve

Neve na serra e sol nas semeadas.
Um poema simples, fácil de entender.
Eu é que trago as formas baralhadas,
E ao pé das fontes já não sei beber.

Miguel Torga

Celorico, 11 de Janeiro de 1953.

1 comentário: